ACV Análise do Ciclo de Vida Bambua Guadua

O bambu é realmente ecológico?

Esta é uma das perguntas mais frequentes quando comparada com uma madeira local.

Para sair da dúvida, encomendamos um estudo feito sob medida para nossas canas colombianas de Guadua, desde o momento em que a fábrica nasceu até o corte, o processamento e o envio para a Espanha.

avaliação do ciclo de vida da produção e comercialização de bambu (Guadua angustifolia Kunth) para uso estrutural.

O estudo foi realizado pela Unidade de Energia de Biomassa e Análise Ambiental da Escola de Engenheiros Industriais de Madri. O objetivo é quantificar o custo ambiental considerando a mudança climática categoria de impacto e o uso de energia primária do nosso bambu Guadua, tendo em conta todos os factores e fases do nascimento do colmo, crescimento, extração, processamento, transporte e marketing. Os resultados do teste demonstram a sustentabilidade do bambu como material de construção na Europa: os altos valores de fixação de CO2 durante a vida vegetal, recursos de baixo consumo energético necessário para o manuseio e tratamentos de maquiagem e ultrapassar o gasto de energia necessária para o transporte . O sistema estudado inclui os seguintes módulos e processos de acordo com as normas UNE-EN 15804: 2012 e UNE-EN 16485: 2014.

**ATENÇÃO: os dados obtidos referem-se exclusivamente a canas de bambu cedidas por nosso fornecedor confiável e entregues em nosso armazém de distribuição. O uso e divulgação destes terão que ser expressamente autorizados pela Bambusa Estudio.

DEA – Demanda de Energia Acumulada em etapas (MJ)

culm com diâmetros Ø6, Ø8, Ø12 cm e comprimento 6 metros

densidade 340Kg / m3, umidade 14%

DEA – demanda de energia acumulada em etapas (MJ)

colmos de diâmetros Ø6, Ø8, Ø12 cm e comprimento 6 metros

densidade 340Kg/m3, umidade 14%

Fase A1 / Fornecimento de matérias primas
– Crescimento até seu corte, corte, cura, desrame.

Fase A2 / Transporte
– Transporte de matérias primas e auxiliares do local de fornecimento para a fábrica.

–  Fase A3 / Fabricação

– Preservação e secagem (limpeza, perfuração, preservação, secagem, corte, carregamento)

– Transporte para Espanha (transporte marítimo + terrestre)

– Armazenamento e embalagem (descarga, armazenamento, embalagem)

Os produtos analisados ​​neste estudo apresentam valores negativos de pegada de CO2 e demanda de energia acumulada (DEA) por etapas.

A pegada de carbono do berço à porta é de -12,75 kg de CO2, 17,97 kg de CO2 e 21,88 kg de CO2 para as canas de Guadua de 6 cm, 8 cm e 12 cm, respectivamente.

Os valores de DEA são -129,3 MJ, -183,7 MJ e -224,5 MJ para os mesmos bastões.

O armazenamento de CO2 e energia durante o estágio A1 de crescimento e colheita mais do que compensa os impactos derivados dos estágios A2 e A3 (com valores positivos).

Sobre Bambu

 

Caraterísticas do Bambu

Bambu em biocostrução

ACV análise do ciclo de vida Bambu Guadua

Bambù Moso<https://bambusa.es/caracteristicas-do-bambu/bambu-moso/?lang=pt-pt/”>

Produtos em destaque
Loading...

20,95104,45 (IVA incl.)